Culinária

O prazer de saborear um delicioso penne no Madero

A influência de diversos povos na cultura brasileira faz com que a culinária italiana também seja bastante apreciada em todo o país, com um alto consumo de pasta ou massa com mais ênfase no macarrão. Segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoito, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados, o Brasil é o terceiro maior mercado consumidor de massas alimentícias, ficando atrás apenas da Itália e dos EUA. Levantamento da entidade aponta um consumo de 1,2 milhão de toneladas no ano de 2016.

Compreendendo esse gosto nacional, o cardápio do restaurante Madero traz diversas opções de penne ao lado das carnes e dos burgers. Os pratos são preparados com massas frescas, harmonizadas com ingredientes e molhos especialmente preparados para conferir sabor ao prato final. Assim são as criações do chef Junior Durski que combinam diferentes ingredientes e são oferecidos em versões com peito de frango, camarões ou filé mignon, todas finalizadas com molho de tomate e queijo parmesão. Massas mais curtas, como penne e fusili, são ótimas para molhos densos com acompanhamentos em pedaços. Mas, ao mesmo tempo, gosto de provar que a simplicidade é muito positiva quando o assunto é sabor. Por isso, no Madero, diversas carnes podem ser acompanhadas com o tradicional penne na manteiga, destaca Junior Durski, chef e proprietário da rede de restaurantes.

Leves

Para atender a todos os paladares e principalmente aqueles que têm restrições alimentares, o penne no Madero tem versão vegetariana, como o Penne à Primavera, preparado com brócolis, abobrinha, ervilhas, cenoura, cheiro verde, tomates e creme de leite. Mas, não é apenas para os vegetarianos. O colorido e combinação dos sabores agrada a todos, comenta o chef, desmistificando que comida nutritiva não é gostosa. Nessa mesma linha estão os penne da linha fit, com massa integral e pedaços de peito de frango ou camarões. Todos ingredientes leves e saborosos, sendo que a massa integral tem baixo teor de gordura e de açúcar, sem comprometer a dieta. Para os que optam por uma alimentação sem glúten, o Madero também oferece a possibilidade de trocar o penne tradicional pelo Fusilli Italiano.

Para acompanhar as massas a sugestão do chef Junior Durski é o vinho Barbera La Quercia, do Piemonte. Uma massa pede um bom vinho, garante. A uva barbera gera um vinho de corpo leve a médio, com boa acidez e baixo teor alcoólico. É ideal para acompanhar massas com molho leve, acrescenta.

Curiosidade

Em italiano penne é o plural de penna palavra derivada do latim que significa caneta, lápis, pena. Assim, o corte oblíquo da massa penne vem da semelhança com a ponta de uma pena de escrever.

Sobre o Madero

Fundado em 2005 pelo chef Junior Durski, o Madero é uma das principais redes de restaurantes do Brasil, com dois principais modelos de negócio em operação: Steak House (casual dining) e Container (fast casual). A marca é reconhecida por produzir e servir cheeseburgers gourmet, o carro-chefe, além de carnes, massas, saladas e sobremesas com rigoroso controle de qualidade, em um ambiente diferenciado. Atualmente, são mais de 100 restaurantes espalhados por 13 estados e um em Miami, que juntos faturaram, em 2016, R$ 446 milhões. Para abastecer a rede, o Madero possui uma cozinha central no Paraná com capacidade de produzir 2 milhões de hamburgers mês.

Vou99_laranja
Faça um comentário

Faça seu comentário

Mais lidas do Mês

To Top