Praliné da Boulangerie de France é para quem aprecia a suavidade do chocolate - ENQUANTO ISSO EM GOIÁS
Home / Culinária / Praliné da Boulangerie de France é para quem aprecia a suavidade do chocolate

Praliné da Boulangerie de France é para quem aprecia a suavidade do chocolate

Visual sofisticado, gosto marcante, textura leve de mousse que derrete na boca… Quando o assunto é doce, o pralinê é um dos grandes sucessos mundiais. Encanta não apenas pelos sabores, mas também pela variedade de formas. Quem deseja conhecer ou apreciar essa maravilha da culinária francesa encontra nas duas unidades da Boulangerie de France uma criação que traz a leveza das frutas vermelhas, combinadas ao chocolate.

No preparo, ingredientes como o pralinfrancês em pasta (trata-se de um recheio pronto e concentrado, elaborado com avelã e amêndoas), leite em pó, creme de leite fresco e manteiga de cacau. O toque especial fica por conta de uma geleia de frutas vermelhas. A chef de pâtisserie da casa, Letícia Soares Rezende, explica que a geleia ameniza a doçura e ao mesmo tempo, amplia a percepção de sabores pelo paladar.

Letícia é a responsável pela elaboração da receita do praliné, lançada em 2015, em edição comemorativa ao Dia dos Namorados. O sabor e formato de coração do doce fizeram tanto sucesso, que ele passou a integrar o cardápio regular da casa. Hoje, aparece entre os mais apreciados pelos frequentadores da Boulangerie de France.

História
Pralinê é uma palavra francesa para chocolate belga, de tamanhos e formas diferenciados, além de recheios diversos. Foi inventado pelos cozinheiros do duque Plessis-Pralin, em 1671. Corre entre os chefs modernos que a ideia, na época, era inventar quitutes para os rebeldes da região de Bordelais de France na luta de suas causas. Depois de conquistar seus títulos de glória, o duque fundou a La Maison de La Praline, que existe até hoje em Saint-Denis-de-Cabanne, na França.

A receita inicial era simples: amêndoas cobertas com uma crosta de açúcar. Só em 1912, o chocolateiro belga Jean Neuhaus aperfeiçoou o alimento com cobertura de chocolate fino sobre o doce e, a partir daí, surgiram variedades de pralinês. Para criar as escalas de sabores que se conhece atualmente, foram elaborados vários aromatizantes associados a outros ingredientes. Por isso, a receita mais tradicional tem pelo menos cem anos desde a criação. É feita à base de amêndoas ou nozes caramelizadas e, em seguida, trituradas e cobertas por chocolate.

*pralin recheio pronto e concentrado elaborado com avelã e amêndoas para incorporar receitas como mousses, ganaches, tortas e bolas etc.

Enquanto isso...

Receita de suco de pequi

Receita cedida pela nutricionista Andrea Marim, especialista em fitoterápicos e suplementação para emagrecimento, nutrição funcional …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *