Home / Culinária / RECEITA: Arroz com frango e pequi

RECEITA: Arroz com frango e pequi

franguin jantinhaIngredientes:

1 frango cortado em pedaços
1 colher de café de açafrão
1 dúzia de pequis sem casca
1/4 de xícara de chá de óleo
2 dentes de alho espremidos
1 cebola grande picada
2 xícaras de chá de arroz
4 xícaras de chá de água quente
Sal a gosto
Pimenta-de-cheiro, pimenta-do-reino ou Malagueta a gosto
Salsinha, cebolinha picada a gosto

Modo de Preparo:

Tempere os pedaços do frango com sal e pimenta-do-reino. Numa panela grande, coloque um pouco de óleo, o alho amassado e o açafrão. Dissolva-os. Acrescente os pedados do frango. Mexa até dourar.
Quando o frango estiver dourado, coloque os pequis (se usar o fruto inteiro, não é preciso cortar, mas cuidado com o caroço). Acrescente a cebola e deixe refogar em fogo baixo, mexendo sempre com uma colher de pau para não grudar na panela, e respingue um pouco de água quando for necessário. Quando o pequi já estiver macio e a água secado, acrescente o arroz e deixe fritar um pouco. Junte a água e o sal. Quando o arroz estiver quase pronto, coloque a pimenta-de-cheiro ou malagueta a gosto. Na hora de servir, polvilhe o arroz com salsa e cebolinha e um pouco de pimenta.
Nota:
Para esta receita, não utilize panela de ferro, pois a fruta fica preta.

Curiosidade: O pequi é uma árvore de baixo porte nativa do cerrado. O fruto, substancial e gorduroso, é utilizado tradicionalmente na culinária do Centro-Oeste em pratos como arroz com pequi e frango com pequi. Da polpa, extrai-se um óleo empregado para frituras, como condimento e na fabricação do licor.

Rendimento: 6 porções

Algumas dicas de como se comer o pequi:

Ele deve ser comido apenas com as mãos, jamais com talheres.

Ele deve ser levado a boca para então ser “raspado ” cuidadosamente com os dentes (uma vez que a polpa macia e saborosa cobre uma camada de espinhos), até que a parte amarela comece a ficar esbranquiçada, ou os espinhos possam ser vistos.

Nunca jogue os caroços no chão: eles secam rápido e os espinhos podem se soltar. A propósito, a castanha dentro do caroço é uma delícia; para comê-la, basta deixar os caroços secarem por uns dois dias e depois torrá-los.

Importante: jamais morda o caroço!

mae faz

Enquanto isso...

Dia dos Pais com presente no Madero

No domingo, dia 13 de agosto, a rede de restaurantes faz uma campanha nas redes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *