Espetáculo “Terça Insana Grace Gianoukas Recebe” em Goiânia

Após o sucesso da personagem Teodora Abdala em “Haja Coração”, Grace Gianoukas volta aos palcos com o seu novo projeto, Terça Insana Grace Gianoukas Recebe, turnê 2016. O trabalho concedeu a ela o prêmio de melhor atriz de comédia pelo Arte Qualidade Brasil e também o Prêmio Nelson Rodrigues como destaque em 2016. Os fãs poderão conferir a apresentação nos dias 10 e 11 de dezembro, no Teatro Goiânia.

pri2

 

O espetáculo é uma espécie da talk show teatral onde Grace Gianoukas recebe convidados, personagens, espíritos, encomendas, sustos e o público, com muito bom humor, ao lado de Darwin Demarch, Rita Murai e Eraldo Fontiny.

Transformando o teatro em avião e o público em passageiros de um possível voo, o espetáculo entretém as pessoas fazendo uma reflexão bem-humorada sobre o país, enquanto a nave não decola.

Neste espetáculo, Grace aborda as origens da corrupção no Brasil, o fundamentalismo crescente no país, uma reflexão bem humorada sobre as coisas que recebemos diariamente sem contestar devido à pressa contemporânea. Durante o talk show, ela recebe sua assistente de palco Sheila (Darwin Demarch) para novas aventuras, apresenta o quadro “infantil” da Lili (Eraldo Fontiny), tem de lidar com a ansiedade de uma passageira fumante inveterada (Rita Murai), recebe o Aedes aegypti, e entrevistados locais. Tudo isso no jeito Terça Insana de ser, abordando temas do cotidiano sem perder o bom humor.

pri3

Terça Insana – “Grace Gianoukas Recebe”

Local: Teatro Goiânia
Data e Horários:

– Dia 10 de dezembro (sábado), às 21h
– Dia 11 de dezembro (domingo), às 20h

 

Valor:
R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia-entrada)
Clube do Assinante de O Popular – 50% de desconto no valor da inteira

Vendas:
Submarino Festas – 3261-1775 / Komiketo da T-4 (St. Serrinha)
Bilheteria do Teatro
Informações: (62) 3201-4685 / 4684

Elenco e direção 

pri_2792Grace Gianoukas é atriz, diretora, autora de textos, idealizadora de projetos culturais, cronista e produtora de espetáculos. Responsável por um dos projetos que renovou o humor brasileiro no início dos anos 2000, o Projeto Terça Insana foi apresentado mais de 2200 vezes, para mais de 2 milhões de pessoas, levando aos palcos aproximadamente 380 artistas, 700 personagens e centenas de cenas e roteiros.

A gaúcha da cidade de Rio Grande traz em seu currículo experiências no teatro, televisão e cinema. Na década de 80, após as participações em Acre vai à Rússia, de Élcio Rossini, e Dias Felizes, de Samuel Beckett, Grace fundou a Cia Harpas e Ogros, com Ângela Dip, na qual criou, produziu e atuou em quatro espetáculos. Paralelo a isso, participou como convidada de vários diretores, em diversas montagens teatrais. No final dos anos 90, trabalhou em dois espetáculos com o grupo XPTO e idealizou e levou ao palco eventos e projetos que envolveram artistas de diferentes áreas, como forma de incentivo aos novos talentos. No início dos anos 2000, uma das suas criações foi “Terça Insana”, projeto teatral dedicado à formação de atores e autores de comédia, que sacudiu o cenário do humor do Brasil. Atuou também em Sobre Amor e a Amizade, baseado na obra de Caio Fernando Abreu.

Na televisão, a atriz atuou em programas como escolinha do Professor Raimundo, Sex Appeal, Guerra dos Sexos da TV Globo e Ratibum, da TV Cultura. No cinema, filmes como Loira Incendiária, com direção de Mauro Lima, e A Festa, com direção de Ugo Georgetti, estão entre seus principais trabalhos. Ganhou o prêmio Mambembe de melhor atriz pelo espetáculo O Pequeno mago e o Troféu Açorianos de Teatro pela peça O Acre vai à Rússia.

Em 2014, Grace Gianoukas fez uma participação especial na novela Chiquititas. Participou recentemente da novela Haja Coração, da TV Globo, no papel de Teodora Abadala, que foi a primeira personagem a ganhar um spin off só dela no Brasil. Foram oito capítulos retratando o que aconteceu enquanto estava desaparecida.

Grace Gianoukas foi indicada ao Prêmio Arte Qualidade Brasil pela atuação no espetáculo “Grace Gianoukas Recebe” como melhor atriz e o Prêmio Nelson Rodrigues como destaque em 2016.

Elenco

Darwin Demarch

Ator, performer e comediante, Darwin Demarch está atualmente no elenco do projeto “Terça Insana”, sob direção de Grace Gianoukas. Participou da série inédita “Eu Odeio Meu Chefe”, um co-produção da brasileira Medialand com a americana Turner TBS. Atualmente sendo exibida na PlayTv.

Em seu currículo constam vários espetáculos teatrais, além de participações no cinema e na TV. Por anos seguidos, Darwin encarnou o papel de host na famosa festa Trash 80´s em São Paulo, onde interagia com o público o tempo todo, praticamente transformando a entrada da festa num palco de comédia.

Tal independência e capacidade de experimentação performática o fizeram convidado de produções dirigidas por Wanderley Martins, Grace Gianoukas, Ariel Moshe e Ronaldo Ciambroni.

 

Rita Murai 

Atriz e apresentadora de TV, formada pela escola Macunaíma de Teatro, trabalhou 18 anos com vendas de produtos na TV. Fez espetáculos para o público infantil como “Canção de Natal”, dirigido por Ricardo Leite. Para o público adulto, atuou como as vanguardistas “Wellcome”, cujas cenas aconteciam simultaneamente em vários cômodos de uma casa, além de “Bar da Noite” de Ricardo Leite. Ficou seis anos com monólogo de sua autoria “Je Viv De Bec”.

No cinema, Rita Murai participou do filme de Sergio Lerer, “De Cara Limpa”, com a atriz Barbara Paz e Marcos Mion.

 

Eraldo Fontiny

Ator e criador dos personagens Seu Manel e Meire Caixeta, além de “Lili, a minha mãe deixa!”, bordão que ganhou o Brasil. É sucesso no Youtube e Facebook, com mais de um milhão e trezentos mil seguidores.

Bacharel em Artes Cênicas pelo Centro Universitário de Belo Horizonte, atuou em vários espetáculos. Foi radialista e humorista do Programa Ricardo Amado, da rádio 98 FM e atua no espetáculo “O Marido da minha Mulher”, com direção de Sérgio Abrita.

Em 2011 foi considerado o melhor Humorista no II Festival de Humor de Minas Gerais. Em 2005 foi consagrado com o prêmio Usiminas/Sinparc de melhor ator por sua atuação no infantil “Cia. de palhaços”. Em matéria de direção, iniciou sua trajetória no festival de Cenas Curtas do Galpão Cine Horto, em 2007, onde dirigiu com Cláudia Cásper na premiada cena: “O piquenique”. Em 2008 dividiu direção de “Sem Palavras” e assinou em 2009 a assistência de direção do espetáculo “Azarado”.

Cenas Teodora Abdala – Haja Coração

globoplay.globo.com/v/5363370/?utm_source=facebook&utm_medium=share-bar

Compartilhe....
Tweet about this on Twitter
Twitter
0Share on Facebook
Facebook
0Share on Google+
Google+
0Email this to someone
email

Vandin Duarte Autor

"Compartilhando os trem do Goianísmo para o mundo"

Faça seu comentário