Entretenimento

Parabéns Goiânia 82 anos

Oitenta e dois anos de muitas histórias de uma jovem senhora,
Guardam as vilas, flores e parques das marcas de uma vida,
Das pessoas que aqui estão e daqueles que já foram embora,

Guardam os versos e prosas do nosso vocabulário para o mundo a fora,
De uma simples lembrança carregada no peito nos tempos de outrora,
Guarda a simplicidade de falar os “trem baum” que é “massa” demais da conta.

Guardam o amor ao próximo, sentimentos de carinho e gentileza,
Felicidade é para nós, que temos o orgulho de viver aqui,
Hoje a viola chora com alegria, na terra do piqui.


Parabéns Goiânia, 82 anos!

Oitenta e dois anos de muitas histórias de uma jovem senhora,
Guardam as vilas, flores e parques das marcas de uma vida,
Das pessoas que aqui estão e daqueles que já foram embora,

Guardam os versos e prosas do nosso vocabulário para o mundo a fora,
De uma simples lembrança carregada no peito nos tempos de outrora,
Guarda a simplicidade de falar os “trem baum” que é “massa” demais da conta.

Guardam o amor ao próximo, sentimentos de carinho e gentileza,
Felicidade é para nós, que temos o orgulho de viver aqui,
Hoje a viola chora com alegria, na terra do piqui.

—–
Goiás Mais Produtora
Texto: Evandro Duarte
Narração: Reginaldo Serra

Emporio
Faça um comentário

Faça seu comentário

Mais lidas do Mês

To Top