João Neto e Frederico estão ansiosos para levar tocha olímpica em Goiânia

Dupla famosa pelo hit “Lê Lê Lê” se diz honrada em poder representar Goiás e a música sertaneja durante o evento na cidade onde nasceram: “Momento único”

Música sertaneja e esporte estarão juntos na próxima quinta-feira, em Goiânia. Os irmãos João Neto, de 36 anos, e Frederico, de 34, estão entre os 97 condutores da tocha olímpica na cidade. Conhecidos nacionalmente pelo hit “Lê Lê Lê”, os sertanejos dizem que estão ansiosos e se sentem honrados em participar de um evento tão importante no município onde nasceram. A tocha olímpica passará por 15 cidades goianas.

Nesta quarta-feira, após sair de Brasília, o maior símbolo dos jogos visitará Corumbá de Goiás, Pirenópolis e Anápolis. Na quinta, as cidades de Itaberaí, Goiás, Inhumas e Goiânia estão no roteiro. Na sexta-feira (6), a tocha olímpica passará por Trindade, Aparecida de Goiânia, Piracanjuba, Morrinhos e Caldas Novas. O tour em Goiás terminará no sábado, nas cidades de Pires do Rio, Ipameri e Goiandira antes de ir para Minas Gerais.

– É bom demais. Para mim, carregar a tocha é um momento único, algo fantástico. Representando Goiás, então, é maravilhoso. É bacana, pois mostra a visibilidade do estado, que é forte e marcante na música sertaneja – afirmou João Neto ao GloboEsporte.com.

Em Goiânia, serão 97 condutores ao longo de percurso de quase 20 km. Cada condutor carregará a tocha por 200 metros. O trajeto da dupla será percorrido no Setor Sul com início previsto para as 20h41. Pode parecer pouco, mas o bastante para deixá-los ansiosos e dispostos a convidar muita gente para assistir.

– Estamos um pouco nervosos, mas vai ser bom demais. Vamos chamar os parentes para assistir, levar a família. Todos estão muito felizes.

Fãs de futebol, os sertanejos acreditam que a seleção possa faturar a inédita medalha de ouro. Mas a torcida também é grande em esportes como vôlei, natação é até mesmo nado sincronizado. João Neto acredita que, além das competições esportivas, as Olimpíadas também servem para mostrar o lado da receptividade e da alegria de uma nação.

– É hora de esquecer um pouco esse momento crítico e de corrupção que vive o país para lembrar da união de um povo. Tomara que possamos curtir esse momento.

Compartilhe....
Tweet about this on Twitter
Twitter
0Share on Facebook
Facebook
0Share on Google+
Google+
0Email this to someone
email

Vandin Duarte Autor

"Compartilhando os trem do Goianísmo para o mundo"

Faça seu comentário