Home / Literatura / Bate-papo: Queimadas em Goiânia.

Bate-papo: Queimadas em Goiânia.

f8d8FZl

Todos nós goianos sabemos que Goiânia é uma cidade bonita, que abrange vários espaços com árvores, ambientes frescos e que valorizam a natureza. Também sabemos que, por ser uma cidade grande os moradores devem respeitar a vizinhança quando decidem fazer alguma coisa que foge dos padrões de “boa vizinhança”.

Estamos em uma época quente, seca e a qual tudo queima e espalha muito fácil. Goiânia já é uma cidade que circula vários carros, indústrias e outros poluentes do ar, além disso, por mais árvores que tenha ainda falta espaços naturais capaz de lutar contra isso.

Vários jornais, rádios e outros meios comunicativos estão falando muito sobre esse assunto, mas falar novamente e compartilhar essa reflexão dia após dia ajuda a manter tudo mais calmo, e faz com que essas pessoas “sem respeito” com sua vizinhança possam se sensibilizar com os hospitais que sofrem, com os idosos que tem suas sensibilidades afetadas, com as crianças que desenvolvem a bronquite, ou até mesmo com os animais que entram num estado frágil.

Mas, quando tocamos nesse assunto, com certeza, a primeira pergunta é: “Como e onde vou jogar todo esse lixo e tudo o que preciso queimar se moro em uma cidade grande e super desenvolvida?

Na verdade, por esse fato é que devemos respeitar a cidade e quem habita nela. A queimada é algo que além de poluir, afeta idosos, pessoas com problemas respiratórias e se espalha com tanta facilidade que em minutos atinge muitos km/s.

Se todos nós respiramos o mesmo ar, é viável e aceitável que alguém acabe com o que resta dele? Com certeza a resposta é NÃO!

Vamos valorizar o que importa, ou seja, a vida. O lixo a gente joga no lixo, e não no ar! Diga não as queimadas, e seja uma pessoa mais saudável, cuidando do que te faz viver.

Image Map

Enquanto isso...

Saraiva promove “Contação de Histórias” no Passeio das Águas Shopping

Com o objetivo de incentivar o hábito da leitura, a Saraiva do Passeio das Águas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *