Notícias

Cerveja ajuda na prevenção de doenças, como Parkinson

Uma pesquisa publicada no Journal of Agricultural and Food Chemistry sugeriu que pessoas que bebem cerveja regularmente, podem afastar a progressão de doenças neurológicas.

O motivo, seria uma substância química chamada xanthohumol, presente em algumas plantas secas usadas na fabricação de cervejas e alguns refrigerantes, pode ajudar a proteger as células de cérebro dos danos oxidativos associados a demência, comoAlzheimer e Parkinson.

O Dr. Jianguo Fang, da Universidade de Lanzhou na China disse: “Na medicina tradicional chinesa, o lúpulo têm sido utilizado para tratar uma variedade de doenças por séculos. A presença de uma elevada concentração de xanthohumol em cervejas pode ser associado à observação epidemiológica, tornando o hábito de beber cerveja algo benéfico”.

Xanthohumol tem atraído um interesse considerável por causa de suas funções farmacológicas múltiplas, por ser antioxidante, proteger o coração, ser anticancerígeno, contribuir contra a obesidade, ser anti-inflamatório e prevenir o câncer.

A equipe do Dr. Fang isolou moléculas de xanthohumol e testou em células cerebrais de camundongos em uma série de experimentos de laboratório. Eles descobriram que o xanthohumol reduziu o nível de estresse oxidativo nas células, um processo prejudicial que é tido como intimamente ligado a doenças degenerativas.

Fonte: Bebida Liberada/Dani Birita

CrossLife
Faça um comentário

Faça seu comentário

Mais lidas do Mês

To Top