Lei quer que bares e restaurantes funcionem até 23h30 em Goiânia - ENQUANTO ISSO EM GOIÁS
Home / Notícias / Lei quer que bares e restaurantes funcionem até 23h30 em Goiânia

Lei quer que bares e restaurantes funcionem até 23h30 em Goiânia

bares

De iniciativa do vereador Paulo da Farmácia, o projeto de Lei teria como objetivo reduzir os índices de criminalidade no município

Foi discutido nesta segunda-feira (21), na Câmara Municipal, o projeto de Lei que delimita o horário de funcionamento de bares e restaurantes em Goiânia. De iniciativa do vereador Paulo da Farmácia, que presidiu o debate, a matéria teria como objetivo reduzir os índices de criminalidade no município.

O projeto propõe que o funcionamento de bares e restaurantes seja das 6h às 23h30, de segunda a sexta, e das 6h às 24h, nos finais de semana. Participaram da discussão Jaldete Rodrigues, representante da Abrasel Goiás; vereadores Zander Fábio (PSL), Welington Peixoto (PMDB) e Anselmo Pereira (PSDB); Rodrigo Melo, presidente do Procon Municipal; delegado Pedro Garcia Caires, representante da Polícia Civil do Estado de Goiás; coronel Ricardo Rocha, comandante do policiamento da capital, representante da Polícia Militar do Estado de Goiás, e o presidente do Sindicato dos Proprietários de Pit-dogs de Goiânia, Ademildo Pereira de Godoy.

A representante da Abrasel disse ver com muita preocupação essa proposta para o município diante da atual crise econômica, com uma grande redução de faturamento dos bares. Para ela, com essas mudanças haverá desemprego em massa. Paulo da Farmácia, por sua vez, garantiu que a proposta visa tornar Goiânia uma cidade mais humanizada. O presidente da Câmara, Anselmo Pereira, demonstrou apoio à matéria e ressaltou que cerca de 30% da criminalidade se inicia nas portas dos bares após a 1h da manhã.

O tenente-coronel Ricardo Rocha esclareceu que a meta da Polícia Militar, desde que ele assumiu há 15 dias, é solidificar a presença dos policiais nas ruas. Em relação ao projeto, ele explicou que é “um assunto delicado e que envolve muitos interesses. Sou favorável à delimitação de horários diante da diminuição de crimes. Esse projeto é viável e necessário, mas é preciso encontrar um meio termo que não prejudique os proprietários de bares e restaurantes”.

No final da audiência, o comandante do policiamento apresentou ao propositor da matéria, vereador Paulo da Farmácia, uma sugestão de alteração para satisfazer todos os interesses. Ele propôs que o funcionamento seja das 6h até às 24h, de segunda a sexta, e das 6h até às 2h, nos finais de semana.

As informações são da Câmara Municipal

Enquanto isso...

Goiânia Shopping torna-se o primeiro shopping pet friendly da cidade

​ O Goiânia Shopping ​tornou-se o primeiro shopping realmente pet friendly da cidade. Ou seja, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *