Notícias

Maio Amarelo: trânsito também se aprende na escola

detranzinho-1024x680

Ele só tem quatro anos, mas já conhece as regras de segurança no trânsito. “Tem que parar no sinal vermelho; no amarelo tem que ter atenção e no sinal verde pode seguir. Criança não pode andar no banco da frente do carro, tem que andar na cadeirinha”, adverte Samuel Barcelos Perillo. O que está na ponta da língua do aluno do Centro de Educação Infantil Fernanda Reis, foi esquecido por muitos condutores. Só no ano passado, em Goiânia, 64.759 motoristas foram notificados por avançar o sinal vermelho e outros 319 por transportar criança sem observar as regras de segurança.

Samuel e Pedro Miguel estão entre as 65 mil crianças que participaram das ações dos programas Palestra Educativa e Detranzinho, desenvolvidas pelo Detran de Goiás. Pioneiro no País, o Detranzinho objetiva sensibilizar os alunos das redes pública e privada de ensino a praticarem e multiplicarem seu conhecimento, de modo a incentivar comportamentos seguros no trânsito. A atividade integra a programação do Maio Amarelo, movimento internacional de Atenção Pela Vida.

O presidente do Detran, Manoel Xavier, afirma que educar para o trânsito não é só ensinar a conduzir um veículo, mas sensibilizar para o respeito ao outro, preparar o pedestre e o ciclista para circular com segurança e repassar noções de cidadania. Ele destaca que além de importante para auxiliar na segurança das crianças, a educação para o trânsito as torna multiplicadoras de conhecimentos. “Esse aluno que participa do Detranzinho e do Palestra Educativa vai ser um fiscal dentro do veículo da família. Vai cobrar dos pais e responsáveis uma conduta segura na direção”, adverte.

“As escolas são importantes aliados na construção de um trânsito seguro”, pondera Manoel Xavier. Por isso, o Detran está buscando parceria com a Secretaria de Educação do Estado de Goiás para implantação do Dia do Trânsito na Escola, buscando incentivar o debate e sensibilizar as futuras gerações a necessidade de adoção de uma postura de cooperação e respeito mútuo no trânsito.

Aprender brincando
O Detranzinho busca transmitir conhecimentos sobre trânsito em diferentes estágios e conta com um micro-ônibus totalmente adaptado, que abriga atividades pedagógicas. O trabalho é iniciado com uma palestra educativa, na qual os alunos recebem orientações sobre segurança e legislação de trânsito. No segundo momento, é realizada a atividade Minha Cidade Legal, com um tapete pedagógico com seis quadrantes para que alunos de 4 a 6 anos sejam incentivados a montar de forma lúdica uma mini-cidade; e Cidade para Todos – Nível 1 e 2. Nesse estágio, os alunos são estimulados a construir uma cidade, focados na busca por soluções para maior segurança, acessibilidade e fluidez no trânsito.

Para encerrar a dinâmica, os alunos são convidados a guiar um carrinho de controle remoto em uma maquete de 6 m² construída com blocos de montar. A maquete tem as principais características das vias de uma cidade. Na minicidade há ainda semáforos computadorizados, estação de câmeras de monitoramento de tráfego e outros dispositivos automatizados. No interior do micro-ônibus, há monitores, nos quais os alunos podem acompanhar a movimentação na minicidade. Toda a dinâmica tem a duração de duas horas.

CrossLife
Faça um comentário

Faça seu comentário

Mais lidas do Mês

To Top