fbpx

Prefeitura de Goiânia vai liberar a abertura do comércio a partir de quarta-feira


1
1 compartilhar, 1 ponto

Esquema de funcionamento segue modelo proposto pelo governo de Goiás, sendo 14 dias com comércio não essencial fechado seguidos de 14 dias em funcionamento. Regras para reabertura ainda não foram divulgadas.

A Prefeitura de Goiânia afirmou, neste sábado (27), que vai liberar a abertura do comércio só a partir de quarta-feira (31) para poder acompanhar o modelo proposto pelo governo de Goiás, sendo 14 dias com comércio não essencial fechado seguidos de 14 dias abertos. O decreto com as regras de funcionamento deverá ser publicado neste final de semana.

O anúncio foi feito pelo prefeito Rogério Cruz (Republicanos) durante uma reunião com empresários. Segundo o gestor, a decisão foi tomada para que não haja confusão entre os moradores e comerciantes da cidade em relação a qual decreto seguir.

“As pessoas ficariam muito confusas uma vez que o decreto do município seria de uma forma e do estado de outra. Seria muita confusão na cabeça dos goianienses. Por isso, decidimos chegar em um acordo de união. Nós faremos com que nosso decreto que seria válido até amanhã, fique válido por mais dois dias para que nós possamos igualar a partir de quarta-feira os 14 dias de comércio totalmente aberto”, disse o prefeito Rogério Cruz.

Na reunião também se discutiu quais atividades terão horários de funcionamento específicos, principalmente para que não haja conflitos de horários no transporte público, que continuará seguindo o esquema de embarque prioritário para trabalhadores do serviço essencial. Os estabelecimentos deverão seguir protocolos de segurança para evitar a contaminação e a disseminação do coronavírus.

O governador Ronaldo Caiado (DEM) já havia informado que manteria o compromisso de autorizar a reabertura do comércio não essencial em Goiás a partir de quarta-feira (31), mesmo com as altas taxas de ocupação dos hospitais no estado.

Até as 18h deste sábado, Goiânia estava com 94% de ocupação dos leitos de UTI e de vagas de enfermaria.

Reuniões

 

Antes de se chegar ao que foi divulgado pela administração da capital na noite deste sábado, houve várias reuniões no Paço. Na última quinta-feira (25), a Prefeitura de Goiânia chegou a apresentar para entidades dos setores produtivos uma proposta de rodízio do funcionamento do comércio não essencial, que seria dividido em seis regiões e abriria três dias da semana. O modelo era parecido com as regras seguidas por Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana.

Na sexta-feira (26), houve uma reunião entre integrantes da prefeitura e do governo após Ronaldo Caiado afirmar que não havia sido consultado sobre o decreto. Foi depois deste encontro que o prefeito decidiu por não seguir o modelo de escalonamento por regiões.

Assim, houve nova reunião de Rogério Cruz com representantes da indústria e do comércio neste sábado, onde se discutiu a nova proposta.

Fonte: Veja outras notícias da região no G1 Goiás.


Comments

comentarios

0 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Escolha um formato
Questionário de personalidade
Série de perguntas que pretendem revelar algo sobre a personalidade
Quiz de curiosidades
Série de perguntas com respostas certas e erradas que visa verificar o conhecimento
Enquete
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
História
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
The Classic Internet Listicles
Contagem regressiva
As clássicas contagens regressivas da Internet
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Classificada
Votar positivamente ou negativamente para decidir o melhor item da lista
Meme
Faça upload de suas próprias imagens para fazer memes personalizados
Vídeo
Incorporação no Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Incorporação de Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Foto ou GIF
Gif
Formato GIF