fbpx

Ronaldo Caiado anuncia distribuição gratuita de absorventes a estudantes e mulheres em vulnerabilidade em Goiás


0
1 compartilhar

Governador ordena cumprimento da medida um dia depois de Bolsonaro vetar distribuição de absorventes

Em contraste com o presidente Jair Bolsonaro, que na última quinta-feira (7) vetou a distribuição gratuita de absorventes para mulheres carentes, o governador Ronaldo Caiado (DEM) determinou às secretarias de Educação e de Desenvolvimento Social que levem a iniciativa adiante. O porta-voz da notícia foi o próprio governador, que na tarde desta sexta-feira participou de reunião com auditores fiscais na Secretaria de Economia.

“Hoje tem matérias na mídia toda sobre a assinatura do veto à distribuição de absorventes para jovens e famílias carentes. E um dos fatos levantados pelos jornais é que um dos motivos que levam as jovens a não ir à aula é não ter condições de comprar o absorvente. Então veja o quanto a gente tem que ter uma visão social para não deixar que situações como essa desequilibrem a vida de uma criança ou adolescente”, disse Caiado.

Auxiliares do governo Caiado discutem como operacionalizar a distribuição de absorventes em Goiás
O Mais Goiás apurou que uma reunião entre técnicos das secretarias de Economia, Desenvolvimento Social e Educação começou assim que Caiado trouxe à público a sua decisão. Mais de 200 mil alunas da rede estadual de ensino serão contempladas. Ainda não há número consolidado a respeito das mulheres em situação de vulnerabilidade que receberão absorventes. A fonte do dinheiro será toda estadual. O recurso virá do Fundo Protege.

“Essas pessoas estão fugindo da aula por não terem condições de ter um absorvente. Situações como essa não podem ser motivo de desequilibrar a vida de uma jovem. Já determinei à secretária de Educação e ao secretário de Desenvolvimento Social que façam isso para todas as alunas da rede pública e mulheres em vulnerabilidade”, completou.

Ao justificar a decisão de vetar a distribuição gratuita de absorventes, Bolsonaro disse a apoiadores, na porta do Palácio do Planalto, que não há fonte de custeio apta a bancar a medida. “Quando qualquer projeto cria despesa, o parlamentar sabe que tem que apresentar a fonte de custeio. Quando não apresenta, se eu sanciono, eu estou incluso no artigo 85 da Constituição, crime de responsabilidade”.

fonte: Mais Goiás


Comments

comentarios

0 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Escolha um formato
Questionário de personalidade
Série de perguntas que pretendem revelar algo sobre a personalidade
Quiz de curiosidades
Série de perguntas com respostas certas e erradas que visa verificar o conhecimento
Enquete
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
História
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
The Classic Internet Listicles
Contagem regressiva
As clássicas contagens regressivas da Internet
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Classificada
Votar positivamente ou negativamente para decidir o melhor item da lista
Meme
Faça upload de suas próprias imagens para fazer memes personalizados
Vídeo
Incorporação no Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Incorporação de Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Foto ou GIF
Gif
Formato GIF