“Sou de uma família de juristas de Goiás. Sou honesto.” Conta José de Abreu

Sou de uma família de juristas de Goiás. Sou honesto. Meu pai morreu quando eu tinha 9 anos e trabalho desde os 14 anos”, afirmou o ator ao justificar por que se ofendeu e cuspiu em um casal, na última sexta-feira (22), que o chamou de ladrão, em um restaurante japonês, na capital paulista.

Abreu ressaltou que não se arrepende de ter cuspido no casal que o teria ofendido porque “não pode se arrepender de um ato impensado, não sou responsável”.

“Nunca cuspi em ninguém, nunca briguei com ninguém, não tenho um processo”, disse a Fausto Silva. “A atitude dele [do advogado com quem discutiu] foi pensada, a minha não”.

O ator de 69 anos contou que seu primeiro impulso ao ouvir os xingamentos foi pensar em derrubar as mesas que estavam por perto, mas que “conseguiu se segurar”.

lhama

Compartilhe....
Tweet about this on Twitter
Twitter
0Share on Facebook
Facebook
0Share on Google+
Google+
0Email this to someone
email

Vandin Duarte Autor

"Compartilhando os trem do Goianísmo para o mundo"

Faça seu comentário