Home / Turismo / Cachoeiras, águas termais e cidades históricas são opções de lazer em Goiás

Cachoeiras, águas termais e cidades históricas são opções de lazer em Goiás

Rio Araguaia, Chapada dos Veadeiros e Pirenópolis estão entre os destaques. O site G1 listou algumas das principais atrações turísticas do estado; veja roteiro.

Cachoeira de 120 metros da Chapada dos Veadeiros, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Cachoeira de 120 metros é um dos atrativos turísticos de Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Goiás conta com várias opções de turismo que podem ser aproveitadas durante o período de férias, sendo as belezas naturais e cidades históricas alguns dos maiores atrativos. Entre os principais destinos do estado estão Caldas Novas, Pirenópolis, Chapada dos Veadeiros e o Rio Araguaia. Veja dicas do que aproveitar em cada local.

Ecoturismo
A Chapada dos Veadeiros, área que abrange diversos municípios, como Alto Paraíso de Goiás, Colinas do Sul e Cavalcante, é cercada de misticismo. Além disso, possui várias cachoeiras e opções de esportes radicais.

Na região, é possível encontrar cachoeiras com as mais variadas alturas. Para chegar a algumas delas, é necessário percorrer trilhas que variam de 2 km a 12 km, considerando a ida e a volta. Alguns dos caminhos são planos e bem sinalizados, enquanto outros apresentam nível de dificuldade mais elevado por terem terreno íngreme e acidentado.

Algumas das mais conhecidas são as cachoeiras do Salto, com 80 e 120 metros de altura, além da Loquinhas, Almécegas e Santa Bárbara.

Em Alto Paraíso de Goiás, a 400 km da capital, é possível encontrar centros para meditação, massagens e harmonização. Existem opções pagas e também gratuitas. Para saber mais informações, basta procurar o Centro de Atendimento ao Turista (CAT) da cidade.

Formosa, no Entorno do Distrito Federal, também é um destino muito procurado devido às opções de ecoturismo. Os destaques da cidade são o Salto do Itiquira, com 168 metros de queda livre, e o Buraco das Araras, com trilhas que levam a diversas cavernas. O local recebe muitos aventureiros que querem descer os cerca de 100 metros da gruta de rapel.

Tô de Folga - Formosa (Foto: TV Globo)
Formosa também tem opções de cachoeira para turistas (Foto: Reprodução/TV Globo)

Rios e águas termais
Goiás também é rico em recursos hídricos. O estado conta com a maior bacia hidrográfica  localizada totalmente em território brasileiro, a Araguaia-Tocantins. E um dos rios que dá nome a essa bacia também é um dos principais pontos de lazer dos goianos durante as férias.

Muitos turistas montam acampamentos nos bancos de areia que se formam com o período de seca ao longo do Rio Araguaia, que passa por municípios como Aruanã e São Miguel do Araguaia.

É possível aproveitar desde passeios de boias e lanchas até pesca esportiva. Apesar de toda movimentação, é preciso ter consciência ambiental para não degradar o rio, como deixar lixo espalhado nas praias e praticar pesca predatória.

Ainda para aqueles que gostam de ficar longos períodos dentro dos rios, lagos e até piscinas, a cidade de Caldas Novas, no sul goiano, oferece águas termais. Com diversos parques aquáticos e complexos hoteleiros, os turistas podem aproveitar piscinas naturalmente aquecidas, hidromassagens ao ar livre, inclusive durante a noite, sem o risco de passar frio.

Acampamentos são montados nos bancos de areia do Rio Araguaia, em Aruanã, Goiás (Foto: Neila Bitar/ TV Anhanguera)
Acampamentos são montados em bancos de areia do Rio Araguaia (Foto: Neila Bitar/ TV Anhanguera)

Cidades Históricas
O estado também tem opções para quem gosta de passear em lugares históricos. A cidade de Goiás, a 142 km de Goiânia, por exemplo, é convidativa para longos passeios pelas estreitas ruas de paralelepípedos e casarões seculares.

Antiga capital do estado, ela foi fundada no Ciclo do Ouro no período colonial brasileiro e atualmente é Patrimônio Cultural da Humanidade. Entre as opções culturais estão uma visita a casa da poetisa Cora Coralina, que fica às margens do Rio Vermelho, e a igrejas, como a do Rosário.

O roteiro gastronômico da cidade também não pode ser ignorado. O prato mais característico é o empadão goiano, que pode ser encontrado em vários estabelecimentos e no mercado. Doces e licores típicos também estão sempre presentes nos cardápios.

Festival acontece na cidade de Goiás até o próximo domingo (Foto: Diomício Gomes/ O Popular)
Casarões históricos e gastronomia são atrativos da cidade de Goiás (Foto: Diomício Gomes/ O Popular)

Outro município muito procurado é Pirenópolis, que engloba atrações naturais, construções ainda do século XVIII e vida noturna movimentada. Uma das obras mais chamativas é a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, considerada o monumento histórico mais antigo do Centro-Oeste.

Na Rua do Rosário, popularmente conhecida como Rua do Lazer, há inúmeros bares e restaurantes, concentrando a vida noturna da cidade. Um dos destaques para quem quer aproveitar a gastronomia local é a Fazenda Babilônia, que tem um banquete com cerca que 40 itens da culinária brasileira.

Para os amantes da natureza, as cachoeiras do Abade, Lázaro e dos Dragões são os destaques da região. O sítio arqueológico da Cidade de Pedra e o Parque Estadual Serra dos Pirineus também oferecem trilhas e locais para escalada.

Igreja Matriz de Pirenópolis teve as obras iniciadas entre os anos de 1728 e 1732 (Foto: Wildes Barbosa/O Popular)
Igreja Matriz de Pirenópolis foi construída no século XVIII (Foto: Wildes Barbosa/O Popular)

Enquanto isso...

Pesca predatória é flagrada no Lago das Brisas

A região de Buriti Alegre foi palco para mais uma operação de combate à degradação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *