Enquantoissoemgoias.com Publicidade 1200x90
13/11/2023 às 09h12min - Atualizada em 11/11/2023 às 09h12min

​Comitiva goiana conhece “cidade do futuro” na China

Governador Ronaldo Caiado e auxiliares estiveram em Xiong'an, metrópole que está sendo construída do zero, com características hipermodernas e ecologicamente corretas

A cidade de Xiong'an foi o destino da comitiva goiana liderada pelo governador Ronaldo Caiado neste sábado (11/11), na China. O grupo aceitou convite para uma cerimônia de boas-vindas oferecida pelo governo da província de Hebei, onde está localizada a metrópole, em retribuição a uma visita realizada pelos chineses a Goiás, no mês passado. As conversas devem continuar nos próximos dias, com objetivo de firmar parcerias com universidades e empresas locais.

Caiado foi recebido pela vice-governadora de Hebei, Jin Hui, com quem trocou presentes, e entregou um caderno especialmente desenvolvido para apresentar as potencialidades do estado. “Gostaríamos muito de avançar nos nossos convênios e parcerias na área da educação, pesquisa, inovação, tecnologia e inteligência artificial e dar oportunidade aos jovens goianos de passar um período aqui se dedicando a esse ambiente tão desafiador”, disse o chefe do Executivo.


A resposta foi positiva. Em discurso, Jin Hui enfatizou que o desenvolvimento e a cooperação em benefício mútuo estão no foco de Hebei e que devem ganhar novo ritmo a partir de agora, com  relações mais estreitas. “Queremos aprofundar a cooperação com os domínios de planejamento urbano, construção de infraestrutura e tecnologia da informação. Será uma parceria estratégica”, afirmou ela, lembrando que os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e da China, Xi Jinping,  também possuem bom relacionamento.

Cidade do futuro
Xiong'an foi planejada para desafogar a capital Pequim, absorvendo parte de sua população e de seus serviços. Projetada por mais de 200 equipes e de 3,5 mil especialistas chineses e do exterior, teve a construção iniciada em 2017 e só deve ficar totalmente pronta em 2035. Serão investidos por volta de 700 bilhões de yuans (cerca de R$ 470 bilhões)  para executar as obras, que devem ser guiadas por internet das coisas e promover o desenvolvimento verde. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.
Enquantoissoemgoias.com Publicidade 1200x90