22/02/2022 às 23h19min - Atualizada em 22/02/2022 às 23h19min

Câmara de Goiânia decide manter nome da Avenida Castelo Branco

A Câmara de Goiânia votou, na manhã desta terça-feira (22/2), pela manutenção do veto do prefeito Rogério Cruz à mudança do nome da Avenida Castelo Branco para Avenida Iris Rezende Machado. Foram 24 votos contrários à derrubada do veto e oito favoráveis. A votação ocorreu em meio a uma discussão acalorada em plenário e com a presença de comerciantes da região nas galerias, que são contrários à alteração do nome da via. O projeto é do vereador Clécio Alves (MDB). A propositura foi apresentada como uma homenagem ao ex-prefeito Iris Rezende (MDB), que morreu em 9 de novembro do ano passado. Familiares, amigos e aliados políticos do emedebista defendiam a aprovação do projeto, que acabou sendo vetado pelo prefeito e voltou para votação na Câmara. Por outro lado, empresários da região alegaram "que essa mudança trará prejuízos ao comércio local, irá onerar os cofres públicos e causará desorientação na população", sublinhou o Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás (Sindilojas-GO). Diante da polêmica, a família do ex-prefeito publicou uma carta aos goianos e goianienses, no fim de semana, em que afirma: "nem Iris, nem Goiânia merecem que o nobre objetivo de homenageá-lo seja uma corrida de obstáculos que não coadunam com a grandeza sua e da nossa querida Capital". "Esperamos união, consenso, espíritos desarmados de todos que buscam, no reconhecimento material, dar a justa e devida homenagem a Iris", diz trecho do texto, assinado pela viúva Íris de Araújo e os filhos Cristiano, Ana Paula e Adriana. Fonte: A Redação


Link
Tags »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.