Enquantoissoemgoias.com Publicidade 1200x90
30/04/2022 às 11h48min - Atualizada em 30/04/2022 às 11h48min

Marconi Perillo passa por procedimentos para tratar arritmia cardíaca em hospital de São Paulo

Ex-governador se encontra internado em uma Unidade de Terapia Semi-Intensiva. Médico recomenda seis dias de repouso domiciliar após alta, prevista inicialmente para sábado.

Por Gabriela Macêdo, g1 Goiás
https://g1.globo.com/

O ex-governador de Goiás Marconi Perillo passou por procedimentos médicos, nesta sexta-feira (29), para tratar uma arritmia cardíaca.

Segundo o cardiologista do político, Sérgio Rassi, Marconi se encontra internado em uma Unidade de Terapia Semi-Intensiva do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

O político deu entrada no hospital na quarta-feira (27) após sofrer alteração na pressão arterial.

Depois uma realização bem-sucedida dos procedimentos, o cardiologista afirma que Marconi se encontra curado da arritmia.

"Ambos os procedimentos foram feitos a contento e com sucesso", comemorou o cardiologista.

A expectativa inicial é de que Marconi receba alta no sábado (30) e permaneça de repouso em casa pelos seis dias seguintes. Após esse prazo, o médico explica que o ex-governador poderá voltar à sua rotina normal.

"Agora ele pode fazer tudo que antes era desaconselhável, quando ele tinha arritmia", complementa Sérgio.

Fachada do Hospital Sírio-Libanês, onde Marconi está internado — Foto: ADELEKE ANTHONY FOTE/THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDO

Cirurgia cardíaca

De acordo com a assessoria do ex-governador, a realização dos procedimentos durou três horas e meia.

O cardiologista Sérgio Rassi explica que esse procedimento foi uma "intervenção por catéter com radiofrequência".

Inicialmente, o procedimento seria realizado somente no átrio direito do coração, com o objetivo de curar a arritmia desse local. No entanto, aproveitou-se a intervenção para realizar o mesmo procedimento no átrio esquerdo, de forma preventiva.

"Durante o procedimento, aproveitou-se e fez uma outra ablação com catéter com radiofrequência no átrio esquerdo, visando a prevenção futura de uma outra arritmia chamada fibrilação, que muitas vezes coexiste com o flutter arterial", explicou Sergio.

Segundo ele, a intervenção funciona como se fosse uma microcauterização sobre o circuito de arritmia que existe dentro do coração.

Com isso, através da radiofrequência, essa microcauterização cria uma "linha de bloqueio", curando a arritmia.

Arritmia cardíaca

Sérgio Rassi explica que a arritmia que o ex-governador foi diagnosticado é uma arritmia congênita em um coração estruturalmente normal, não possuindo doença esturutural. Segundo ele, esse tipo de arritmia costuma ser benigna e sem risco de morte súbita.

No entanto, ainda que seja considerada benigna, essa arritmia causa uma "sensação angustiante" no paciente.

"São crises de taquicardia, que causam tontura escurecimento visual, palidez, cai a pressão arterial, fazendo a pessoa suar frio", descreve o médico.

Ele explica que essas sensações são causadas porque com a taquicardia o coração costuma ficar com cerca 120 batimentos por minuto. Com isso, o coração acaba não enchendo de sangue ao bater e reduz o fluxo de sangue de todo o corpo.

O médico ainda explica que uma das causas da arritmia do ex-governador pode ter sido o aumento da pressão arterial devido a momentos hipertensivos. No entanto, acrescenta que Marconi está tomando a medicação adequada para o tratamento.

Ele ainda acrescenta que, três meses após os procedimentos, será necessário que o ex-governador faça uma nova consulta para que seja verificada a eficácia das intervenções; se realmente houve a cura.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.