19/05/2022 às 14h13min - Atualizada em 19/05/2022 às 14h13min

Edir Sebastião Leite, 63 anos, foi beneficiado com doação de cobertor a pessoas em situação de rua, em Goiânia

Campanha Aquecendo Vidas 2022, ação do Governo de Goiás e da OVG, já distribuiu mais de 130 mil cobertores desde 2019, além dos 70 mil adquiridos para este ano. “Nos unimos para ajudar essas famílias a se protegerem das baixas temperaturas. Como o governador Ronaldo Caiado diz: em Goiás, ninguém fica desamparado”, afirma primeira-dama

Em meio às baixas temperaturas registradas em Goiás ao longo desta semana, a presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, comandou, no final da tarde desta quarta-feira (18/05), uma grande força-tarefa de entrega de cobertores em Goiânia e Aparecida de Goiânia. 

A ação faz parte da Campanha Aquecendo Vidas 2022, em parceria com a OVG. “Me parte o coração saber que algumas famílias de Aparecida de Goiânia não têm sequer um cobertor em casa. Por isso, estamos aqui trazendo a mão do Estado para quem mais precisa”, disse Gracinha, durante coletiva de imprensa, na porta do Colégio Estadual Jardim Cascata.

Após entrevista, a primeira-dama participou da distribuição de cobertores e cestas básicas a mais de 700 famílias em vulnerabilidade social que vivem na ocupação Alto da Boa Vista, em Aparecida de Goiânia. “Nós sabemos que, quando o inverno chega, o frio pode machucar. Por isso, nos unimos nessa ação para ajudar essas famílias a se protegerem das baixas temperaturas. Como o governador Ronaldo Caiado costuma dizer: em Goiás, ninguém ficará desemparado”, frisou Gracinha. 

Na ocupação Alto da Boa Vista, a primeira-dama ouviu, emocionada, diversos relatos de moradores que temiam a chegada do frio à Região Metropolitana. Manoel Nascimento, 77 anos, é um deles. Ele conta que a proximidade e a preocupação do governo fazem toda a diferença, especialmente nesses dias de frio intenso. “É difícil ouvirmos falar em um governo que se preocupa e que vai ao encontro dos pobres. Eu mesmo fui viver isso só recentemente, inclusive nunca imaginei que um dia teria uma primeira-dama aqui na minha porta”, contou sorrindo. 

Ainda segundo Manoel, a ação já era aguardada na região. “Eu confesso que não é surpresa recebermos essa ajuda. Quando começou a ter notícia que ia esfriar, eu disse logo: a OVG e o governo vão vir aqui nos socorrer. E, como sempre, vocês não nos deixaram desamparados”, disse agradecido.

Ação conjunta em Goiânia

Após a distribuição de cobertores em Aparecida, a força-tarefa seguiu para a capital do Estado. Em Goiânia, a primeira-dama acompanhou a entrega de cobertores, em parceria com a prefeitura e a Associação Tio Cleobaldo. Na ocasião, foram entregues ainda, kits com marmitas, cobertores, água e pares de meia. Também foi oferecido atendimento médico e vacinação por equipes do Consultório de Rua da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). As entregas simultâneas aconteceram em três pontos da capital: Avenida Independência com Rua 44, Praça Joaquim Lúcio, em Campinas, e Setor Estrela D'Alva. 

Gracinha Caiado esteve também no abrigo preparado pela administração municipal no Parque Mutirama, onde foram entregues cobertores e refeições aos abrigados. A coordenadora do GPS destacou o trabalho do Governo de Goiás e a importância da cooperação entre Estado e município. “Uma ação como essa se fortalece e alcança um número infinitamente maior de pessoas, graças às parcerias. Não estamos fazendo política, estamos fazendo o bem. Saber que, nessa noite e nas próximas, essas pessoas que se encontram em situação de rua terão um cobertor digno me enche de alegria e também de responsabilidade, porque sei que este é um trabalho que deve ser contínuo", ressaltou.

A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado (Seds) também viabilizou três abrigos para acolher pessoas em situação de rua na capital. Nos locais, além de camas e cobertores, são oferecidos alimentos e chuveiros para higiene pessoal. O secretário Wellington Matos ressalta que, apesar de esta ser uma competência do poder municipal, este é um momento de união de esforços. “O Estado reconhece e age para proteger essas pessoas em situação de vulnerabilidade, com abrigo, comida e um gesto humano de calor”, afirma.

Grato pelos donativos recebidos, Edir Sebastião Leite, de 63 anos, fez questão de agradecer a primeira-dama Gracinha Caiado. “Ninguém escolhe estar na rua. Eu posso dizer por experiência própria que o frio dói, chega a cortar. Por isso, me emociono com esse gesto tão bonito e que nos dá um pouquinho de dignidade”, afirmou. 

Campanha Aquecendo Vidas 2022
Realizada todos os anos, a Campanha Aquecendo Vidas já distribuiu mais de 130 mil cobertores desde 2019, além dos 70 mil adquiridos para este ano. As mais de 200 mil peças compradas desde o início da gestão representam um investimento de R$ 6,5 milhões do Governo de Goiás. Os cobertores estão sendo distribuídos, por intermédio das prefeituras, a pessoas em vulnerabilidade social nos 246 municípios do Estado.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.