05/10/2022 às 10h24min - Atualizada em 05/10/2022 às 10h24min

Goiás ultrapassa 25 mil empresas abertas em 2022

Estado segue líder no ranking de abertura de empresas entre todas as federações do Centro-Oeste, Norte e Nordeste. Empreendedor precisa, em média, de apenas 24 horas para abrir um novo negócio em Goiás

Goiás ultrapassou a marca de 25 mil empresas abertas no ano de 2022, chegando a 25.275 novos negócios apenas nesse ano. O mês de setembro contribuiu com novos 2.648 CNPJ’s, o que colocou o Estado novamente na liderança do ranking de abertura de empresas entre todas as federações do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil, segundo dados divulgados pelo Governo Federal.

O ramo que mais abriu novos empreendimentos, em setembro, foi o de serviços de escritório e apoio administrativo (277), seguido de preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo (186) e promoção de vendas (180). O ranking segue com comércio varejista de vestuário e acessórios (167), consultoria em gestão empresarial (166) e comércio varejista de bebidas (166).

Para o presidente da Juceg, Euclides Barbo Siqueira, o número poderia ser ainda maior, já que em agosto o Estado alcançou o registro histórico de 3 mil empresas abertas em um único mês. Ele explica que, nos primeiros 18 dias do mês, Goiânia não estava emitindo o documento de uso de solo, provocado pela falta de regularização do novo plano diretor do município. “Isso impactou a abertura de novas empresas que exigiam a análise desse documento. Mas, a partir do dia 19, a Prefeitura decidiu receber a documentação em papel para não impactar ainda mais o empreendedor”, explica Euclides. 

Atualmente, Goiás conta com 1.008.032 empresas em funcionamento no Estado. Goiânia (311.895), Aparecida (73.058), Anápolis (59.169), Rio Verde (31.258) e Valparaíso de Goiás (23.015) são as cidades com mais empreendimentos ativos.

Ranking
Goiás também continua liderando o ranking de abertura de empresas entre as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste no mês de setembro, segundo dados divulgados pelo governo federal por meio do Portal da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas (Redesim). O Ceará ficou em segundo lugar, com 2.097 empresas, e o Mato Grosso em terceiro, com 1.886 novos empreendimentos. 

A média de tempo para abertura de uma empresa em Goiás ficou em 24 horas, abaixo da média do País, que é de 1 dia e 7 horas. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.