Enquantoissoemgoias.com Publicidade 1200x90
24/02/2023 às 15h47min - Atualizada em 24/02/2023 às 15h47min

Escola do Futuro em Aparecida ganha nove laboratórios

Espaços serão utilizados em cursos de inteligência artificial e robótica, entre outros. Unidade fica no Jardim Buriti Sereno e está com inscrições abertas para jovens com idade mínima de 16 anos

Nove laboratórios e dois ambientes de inovação para cursos gratuitos estão disponíveis aos moradores de Aparecida de Goiânia.

A inauguração da nova estrutura, instalada na Escola do Futuro do Estado de Goiás (EFG) Luiz Rassi, no Jardim Buriti Sereno, foi realizada pelo governador Ronaldo Caiado nesta sexta-feira (24/02).

O investimento é de R$ 5,9 milhões, com verbas do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege).

A unidade recebeu laboratórios de informática; economia criativa; eletrônica; inteligência artificial; robótica; tecnologias da automação; esportes eletrônicos; e STEAM (plataforma de jogos digitais). Cerca de 90 mil jovens de 20 bairros devem ser beneficiados.

"Vamos proporcionar às pessoas mais humildes e mais carentes uma oportunidade que só tinham aqueles que iam buscar ensino particular”, afirmou Caiado antes de visitar os espaços. Ele estava acompanhado do vice, Daniel Vilela, que classificou a iniciativa como “extraordinária”. “O poder público precisa se atualizar, esse é o futuro”, avaliou Vilela.


Ainda de acordo com o governador, a EFG Luiz Rassi passa a ser referência para a formação tecnológica no estado, pois possui o que há de mais moderno no mercado.

“Nós temos aqui computadores de última geração e temos cursos na área de inteligência artificial. Aqui vamos proporcionar o que existe de mais sofisticado e novo na área de tecnologia, inovação e criatividade”, disse.


A escola é administrada pela Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio de convênio com o governo. 

Atualmente a unidade oferece cursos gratuitos nas modalidades presencial e à distância. Os candidatos devem fazer a inscrição pelo site https://efg.org.br e precisam atender a dois requisitos: ter idade mínima de 16 anos e ensino fundamental completo. Estudante da rede estadual, Pedro Henrique Ferreira Laranjeira, 17 anos, esteve no local durante a manhã à procura de cursos de robótica. “Quero fazer um curso de tecnologia e trabalhar para conseguir ajudar minha família”, contou.

A EFG Luiz Rassi é uma das cinco escolas pertencentes à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SCTI) do Governo de Goiás. Além dos laboratórios, o prédio recebeu uma sala de coworking e uma pré-incubadora para criação de protótipos e desenvolvimento de soluções para o setor produtivo.

“A Escola do Futuro é um projeto que orgulha a secretaria. Nasce com o intuito de preencher as inúmeras vagas ligadas à tecnologia da informação que estão disponíveis no Brasil”, finalizou o titular da pasta, Marcio Cesar Pereira.

Enquantoissoemgoias.com Publicidade 790x90


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.
Enquantoissoemgoias.com Publicidade 1200x90