12/07/2019 às 16h01min - Atualizada em 12/07/2019 às 16h07min

HDT alerta como se prevenir das doenças do inverno

HDT alerta como se prevenir das doenças do inverno O inverno chegou e, com ele, as baixas temperaturas e clima mais seco. Esta época do ano além das festas, comidas, hábitos e vestimentas típicas, também costuma ser marcada pelo maior aparecimento de doenças de transmissão respiratória, como a gripe e a meningite que se proliferam com maior facilidade devido à maior proximidade entre pessoas infectadas e pessoas saudáveis, por períodos prolongados, em ambientes fechados. O vírus causador da gripe penetra no organismo principalmente pelas mucosas do nariz, boca e olhos e convive bem com temperaturas mais baixas. Os sintomas incluem febre, calafrios, dores musculares, tosse, congestão, coriza, dores de cabeça e fadiga. O infectologista do Hospital de Doenças Tropicais dr Anuar Auad (HDT), Alexandre Costa, explica a forma de tratamento dessas enfermidades. “O paciente que aparece com o quadro de doenças respiratórias, é internado nos casos mais graves e em geral, é tratado com medicação para aliviar os sintomas, com exceção do vírus H1N1, que possui um medicamento específico”. Já a meningite, inflamação das membranas que envolvem o cérebro e a medula também tem sua incidência aumentada nessa época do ano devido aos ambientes fechados e pouco ventilados. Pode levar à morte, sobretudo nas pessoas mais suscetíveis como crianças e idosos. Os sintomas mais comuns da meningite são febre, dor de cabeça intensa e contínua, vômitos, náuseas e rigidez na nuca. O infectologista esclarece que existem dois tipos de meningite mais comuns, a bacteriana e a viral, diferenciada pela necessidade ou não de tratamento com antibióticos. “O diagnóstico é feito pelo exame do líquido que banha o sistema nervoso, o líquor. Após colher este material e constatado como bacteriano, o tratamento é feito com antibiótico por um determinado tempo, que é teoricamente solucionado entre sete a dez dias”. Em casos virais, Alexandre informa que o paciente é tratado com analgésicos para o controle dos sintomas. Algumas ações podem ajudar a prevenir as doenças de transmissão respiratória, comuns no inverno: 1) Lavar as mãos com regularidade e evitar ambientes fechados e pouco ventilados. 2) Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool gel sempre que tossir ou espirrar e proteger a boca e o nariz com lenços ao tossir ou espirrar. 3) Higienizar as mãos depois de usar o banheiro e antes de comer, de tocar os olhos, boca ou nariz. 4) Evitar levar as mãos aos olhos, nariz ou boca antes de higienizá-las. 5) Manter os lugares sempre arejados e recebendo a luz solar, pois ajudam a eliminar possíveis agentes das infecções respiratórias. 6) Manter alimentação balanceada, ingerir líquidos e praticar atividades físicas também são fundamentais para fortalecer o sistema imunológico..


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.