10/08/2022 às 01h43min - Atualizada em 10/08/2022 às 01h43min

Dez momentos que vão deixar saudade do Festival Italiano de Nova Veneza

O 16º  Festival Italiano de Nova Veneza terminou no domingo,  7 de agosto, deixando um gostinho de quero mais.


Foram quatro dias de festa gastronômica, com apetitosos pratos e muitas atrações italianas. Depois de dois anos sem a realização do evento em razão da pandemia, em 2022, o público presente foi recorde, superando os 100 mil visitantes dos anos anteriores.

O evento foi realizado pela  Prefeitura de Nova Veneza, com patrocínio da Enel Distribuição Goiás, por meio da Lei de Incentivo à Cultura/Goyazes. Teve também apoio da Câmara Municipal da cidade, Governo de Goiás, Secretaria de Estado da Cultura, tendo como correalizador o Sesc-GO.

Ano que vem tem mais, anuncia a prefeitura da cidade, mas enquanto não  chega, confira 10 momentos marcantes do evento:

 

1 - Ritmo acelerado na cozinha

Quarenta e cinco cozinheiras dedicaram-se nos quatro dias para que a produção de molhos, carnes e demais itens do cardápio da Cozinha da Nonna.

Panelões de 100 litros de fervura do macarrão começavam a esquentar sem hora para terminar.

A polenta frita é outro protagonista do cardápio, cuja produção não parava.

 

2 - Visitinhas na Cantina da Nonna

Em meio ao trabalho árduo, havia alguns momentos de descontração.

Um deles foi esse, em que elas receberam a vista dos Tenores do Brasil, talentosa dupla paulista que foi atração musical do evento.

Eles deram uma canja para a turma da cozinha, que parou por alguns minutos para celebrar a la tarantela!

 

 


3 - Arte em macarrão

Na entrada do evento, duas esculturas de mulheres em tamanho real foram revestidas por macarrão pela artesã de Nova Veneza, que nos contou: “foram 36 kg de macarrão utilizados na confecção, 26 dias e algumas noites para concluir o trabalho.” Show, né?

 

4 - Dança e energia

Expressivo em sua essência, os italianos não se comunicam apenas através de gestos, expressões faciais e da comunicação verbal. Dançar, para eles, é uma forma de confraternizar e celebrar conquistas.

Por isso, ela não podia faltar no Festival Italiano de Nova Veneza, que convidou o premiado Grupo Folclórico Ítalo-Brasileiro, da cidade homônima de Nova Veneza, em Santa Catarina, para a festa goiana.

Com 12 coreografias, eles contaram a história da imigração italiana em apresentações cheias de ritmo e energia.

5 - Filho de peixe…

Filho de peixe, peixinho é… Uma cena inspiradora do Festival Italiano para inspirar a todos os papais, cujo dia está chegando.

O músico acordeonista Ricardo Tucci levou seu filho Lourenzo, de sete anos, para o palco.

O pequeno já está aprendendo o instrumento e fez uma participação especial no seu show instrumental de clássicos italianos. 
 

6 - Jovens vozes

Essa turma de meninas integra o Coral Santa Cecília, formado por adolescentes de Nova Veneza, que  interpretou grandes sucessos internacionais na língua italiana. 

7 - Vozes infantis

O coral infantil de Nova Veneza foi integrado por 60 crianças da Escola Municipal Tereza Zanini fez bonito e encantou a todos. A iniciativa, além de propagar a cultura italiana, é uma semente fértil de novos talentos.

Vários cantores da cidade iniciaram por ele e hoje brilham nos palcos.


8 - Baile de máscaras

Tradicionalmente realizado aos sábados, o baile de máscaras é  uma das atrações mais esperadas pelo público. 

Resgatando o histórico do  carnaval de Veneza, o baile em Goiás,  segue a mesma tradição milenar do  anonimato através das máscaras e traz  diversão para os foliões.

A festa teve acesso gratuito e foi animada ao som da cantora goiana, Anna Paula Drigo, com um repertório animado de marchinhas italianas e brasileiras.

 

9 - Mistura de culturas

Sérgio Reis se apresentou no Festival Italiano de Nova Veneza para celebrar a mistura de culturas da cidade.

O garoto Estevão Rincon Mutão de Almeida, de apenas 7 anos, sintetizou isso com sua participação especial.

Descendente de italiano, ele fez bonito tocando berrante durante o show e encantou o artista, que deu de presente o seu próprio berrante para o menino.

10 - Panelaço 

Depois de quatro dias atuando nos bastidores, chegou a hora das cozinheiras e todos que ajudam nas cozinhas do Festival Italiano ganharem o protagonismo dos palcos. 

O final do Festival Italiano foi marcado pela saída deles da cozinha e um animado trajeto pelo circuito do evento batendo tampas e panelas. Uma bonita sincronia comemorativa ao sucesso da festa. Foi pura energia.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.