Enquantoissoemgoias.com Publicidade 1200x90
11/11/2022 às 10h09min - Atualizada em 11/11/2022 às 10h09min

Modelo é presa em Cocalzinho de Goiás suspeita de matar noivo em Brasília

Ela foi encontrada com suposta arma do crime

José Abrão
A Redação

Enquantoissoemgoias.com Publicidade 790x90

A modelo Marcela Ellen Paiva Martins, de 31 anos, foi presa em Edilândia, distrito de Cocalzinho de Goiás, nesta quinta-feira (10/11) sob suspeita de ter matado o noivo em um motel de Brasília.

 

 
Segundo a Polícia Civil de Goiás (PCGO), o casal, que vivia em São Paulo, estava há dois dias na capital federal. Após o crime, que teria sido cometido com o disparo de um revólver, a modelo teria fugido no carro do noivo, Jordan Lombardi, de 39 anos.
 
O veículo, um carro de luxo avaliado em R$ 400 mil, foi bloqueado pelo rastreador, na altura de Águas Lindas. Marcela, então, teria abandonado o carro e roubado uma Kombi escolar para dar continuidade à fuga.
 
Ela acabou presa ao ser encontrada em um posto de gasolina em Edilândia, portanto a suposta arma do crime, com quatro munições. O flagrante foi lavrado na Central de Flagrantes de Águas Lindas.
 
À Polícia, a modelo teria afirmado que a motivação do crime teria sido o fato de Jordan não ter denunciado um possível crime de estupro de vulnerável cuja própria filha de três anos teria sofrido do padrasto, em São Paulo.

Enquantoissoemgoias.com Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.