Enquantoissoemgoias.com Publicidade 728x90
25/03/2023 às 22h42min - Atualizada em 26/03/2023 às 00h00min

Twenty One Pilots prova no Lolla 2023 que segue subindo de patamar (e na torre de iluminação)

Dupla tocou pela terceira vez no Lollapalooza, sendo a primeira delas acompanhada de uma banda. Set teve cover de Blink 182, que eles substituíram de última hora.

G1 Brasil
https://g1.globo.com/pop-arte/musica/lollapalooza/2023/noticia/2023/03/25/twenty-one-pilots-prova-no-lolla-2023-que-segue-subindo-de-patamar-e-na-torre-de-iluminacao.ghtml



Dupla tocou pela terceira vez no Lollapalooza, sendo a primeira delas acompanhada de uma banda. Set teve cover de Blink 182, que eles substituíram de última hora. Vocalista do Twenty One Pilots escala estrutura do Lollapalooza durante 'Car Radio'
Escalado de última hora para substituir o Blink 182, que tocaria neste sábado (25) de Lollapalooza, o Twenty One Pilots fez um show até que parecido ao que havia realizado em São Paulo, em agosto do ano passado.
AO VIVO: Acompanhe a cobertura do Lollapalooza 2023
FOTOS: Veja imagens do 2º dia
Mas a apresentação teve dois momentos que deram nova cara ao setlist: uma do Blink 182 ("All the small things", em versão quase instrumental) e um medley de tributo ao Brasil, com o trompetista tocando "Garota de Ipanema", "Mas que nada" e "Baile de Favela".
Lolla 2023: Twenty One Pilots eletriza público com "Morph"
Foi a terceira vez no Lollapalooza, mas a primeira em que os dois não estavam sozinhos no palco. Eles começam desacompanhados, mas músicos entram e saem do palco.
No primeiro Lolla que vieram, em 2016, a banda fez show cheio de adereços e pose com som bem voltado ao rap rock. Eles eram uma boa indicação para um órfão de Linkin Park. Ainda são, mas hoje vão bem além desse rótulo.
Lollapalooza 2023: fãs cantam "Holding on to you" junto com Twenty One Pilots
R&B e disco music dominam o som da banda que permanece no fundo do palco, deixando Tyler Joseph (vocal-rapper-baixista-tecladista) e Josh Dun (baterista) em primeiro plano. Baixista, tecladista, trompetista e guitarrista enchem o som do duo de groove.
Como sempre acontece nos shows da dupla, em "Car Radio" o vocalista Tyler Joseph escalou uma das estruturas do autódromo e cantou lá de cima.
Twenty One Pilots inicia show no Lolla 2023 com "Guns for hands"
Se fosse um sommelier de subida de vocalista do Twenty One Pilots em estruturas altas, diria que essa foi a mais frustrante que já vi. Escalada simples, baixa dificuldade, pouca tensão.
Os hits seguintes ("Stressed out" e "Heathens") foram mais empolgantes e bem recebidos do que a estripulia do cantor.
Antes do show, em entrevista ao g1, o baterista havia dito que fica "nervoso" quando vê o cantor subindo cada vez mais alto.
"Sempre há algo que pode dar errado", ele explicou. "Há momentos em que a gente chega em um palco mais cedo e caminhamos para ver onde ele vai escalar e ele diz: 'É, eu vou escalar essa coisa'. E eu fico tipo: 'Você vai escalar aquela coisa?' Então, sim, isso pode me deixar nervoso, com certeza."
O final teve fogos de artifício, chuva de papel picado, labaredas de fogo e luzes piscantes. Tudo ao mesmo tempo, com algum exagero. Como é, de certa forma, o som da banda.
Twenty One Pilots se apresenta no Lollapalooza 2023
Luiz Gabriel Franco/g1

Fonte: https://g1.globo.com/pop-arte/musica/lollapalooza/2023/noticia/2023/03/25/twenty-one-pilots-prova-no-lolla-2023-que-segue-subindo-de-patamar-e-na-torre-de-iluminacao.ghtml
Link
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.