Enquantoissoemgoias.com Publicidade 1200x90
31/05/2023 às 14h47min - Atualizada em 31/05/2023 às 14h47min

Sérgio Reis retorna ao palco do Festival Italiano de Nova Veneza

Cantor agitará a noite de abertura dos participantes da 17ª edição do Festival Italiano de Nova Veneza faz um mix de culturas, assim como aconteceu na cidade ao longo dos anos

por Redação
Divulgação

Em Goiás,  Nova Veneza é hoje a maior representação da imigração italiana no Centro-Oeste Brasileiro, com mais de 60% de seus moradores sendo descendentes. A cidade conta com pouco mais de 10 mil habitantes, que preservaram a cultura de seus fundadores, italianos que chegaram ao local no idos de 1910. Ao longo dos anos, muitos desses hábitos se incorporaram às tradições goianas e, também, os não descendentes abraçaram a cultura italiana.

 Pensando nisso, a 17ª edição do Festival Italiano de Nova Veneza, que acontece entre os dias 1 a 4 de junho deste ano, organizou uma programação inédita para contemplar esse interessante mix das duas culturas. Com o tema “Uma Itália em Nova Veneza”, o Festival contará com a abertura oficial do cantor Sérgio Reis, no dia 1 de junho, com entrada gratuita. O show é uma realização do Sesc na programação do festival.

E olha que sua escolha também tem tudo a ver com o propósito da festa em apresentar essa mistura de culturas. Paulista, nascido na cidade de São Paulo como Sérgio Bavini, o sertanejo de 82 anos tem ascendência italiana. Seus avós nasceram na Itália e vieram para o Brasil em 1905. 

Grande referência no sertanejo raiz, um dos ritmos mais tocados em Goiás, o cantor vai animar a primeira noite dos visitantes com seus maiores sucessos. E, claro, ele vai agregar um toque da cultura italiana de seus ascendentes na sua música com canções como “O Mineiro e o Italiano”, de sua autoria, e a versão italiana da música "Menino da Porteira". 

O 17° Festival Italiano de Nova Veneza inicia às 19h, no dia 1 de junho. O show com Sérgio Reis está previsto para às 22h.Toda programação cultural tem acesso  gratuito.

Mistura de culturas também na gastronomia

A mistura de culturas também acontece em um prato desenvolvido pela Cozinha da Nonna, desde a primeira edição do Festival Italiano de Nova Veneza, que é campeão de vendas: o molho “Goiás é Bom Demais”. O molho é feito com pequi, frango desfiado e açafrão e é exemplo da adaptação da culinária goiana com a italiana, marca registrada do evento, com a perspectiva de reunir mais de 120 mil pessoas. 

A chef responsável pela cozinha oficial do Festival, Vânia Maria Alves, criou a receita para homenagear a cultura italiana com um toque regional. “Na época, queríamos uma receita da cidade. A ideia era misturar Goiás com a Itália, fazer uma troca. Então fizemos alguns testes com pequi in natura e incrementamos com frango desfiado e requeijão”, revela Vânia. Digno de Masterchef, o delicioso prato mistura o sabor do cerrado goiano com as massas típicas da Itália.


Atrações italianas
Mas o que predominará mesmo no evento é mesmo a cultura italiana. Estão previstas apresentações de dança  típica do Grupo Folclórico Ítalo-Brasileiro, da cidade homônima de Nova Veneza, em Santa Catarina; show com Os Tenores do Brasil  e do cantor Valdir Amaral, que trazem no seu repertório músicas italianas. No sábado, tem o tradicional  baile de máscaras com a Banda Gênova, formada por descendentes italianos especialmente para o festival.

Os visitantes também poderão desfrutar da elogiada gastronomia italiana. Cerca de 30 estandes oferecerão todos os tipos de massas como, macarrão, lasanha, nhoque e a famosa polenta frita. Para Maria do Carmo Basílio,  uma das organizadoras do Festival Italiano de Nova Veneza, em meio a toda essa fartura e musicalidade, o público poderá experimentar o maior legado que o italiano deixou para a cidade: a alegria e a confraternização. “Tanto os descendentes quanto os que abraçaram a cultura daqui valorizam a confraternização em torno de uma boa mesa. Amamos sentar juntos com familiares e amigos para uma refeição,  que alimenta não só o organismo, mas também o coração", diz.

Sobre o Festival
Com o tema “Uma Itália em Nova Veneza”, a 17ª edição do Festival Italiano de Nova Veneza se enquadra no patamar dos grandes festivais do Brasil. A festa foi criada para valorizar a história da cidade, formada por colonos italianos que vieram para o Brasil há mais de 100 anos. 

Com acesso gratuito para a população, o Festival contará com uma ampla programação dedicada à cultura italiana com muita música, apresentações artísticas, gastronomia e muito mais. No total são 55 expositores nas áreas de artesanato, comida e bebida. Além disso, há dois restaurantes e a Cantina da Nonna servindo os visitantes.  Só a Cozinha da Nonna, que é a cozinha oficial do evento, 60 cozinheiras estarão envolvidas na preparação de cerca de 20 mil porções do cardápio com 20 opções. 

O evento é uma realização da Prefeitura de Nova Veneza GO, com patrocínio da Equatorial Energia por meio da Lei de Incentivo à Cultura/Goyazes. Tem também apoio da Câmara Municipal da cidade, SEBRAE Goiás, Deputado Estadual Bruno Peixoto, Assembleia Legislativa de Goiás, Secretaria de Estado da Cultura e Governo de Goiás, e parceria com o SESC-GO.O evento também conta com mais empresas patrocinadoras, que são:  Bonare, Galo, Di-Cheff, Renata, Boua, Ludmila Balduino Corretora de Imóveis, Quinta do Morgado, Ríboli Representações, BM Construtora, SSA Alimentos, Super Frango, Rold Telecom, Ana Paula Bosco Studio, Studio’S Estética e Beleza, e Sofia Tranças. 


Evento: Abertura do Festival Italiano de Nova Veneza
Data: 1º de junho
Horário:  A partir das 19h
Onde: Praça da Matriz - Igreja de Nossa Senhora do Carmo - Centro,   Nova Veneza, Goiás


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.