09/07/2022 às 22h52min - Atualizada em 10/07/2022 às 00h01min

Alta da taxa básica de juros prejudica o crescimento das empresas brasileiras

Dados do governo federal mostram que 830 mil empresas fecharam no primeiro semestre do ano; 25,3% a mais do que no mesmo período do ano passado.

G1 Brasil
https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2022/07/09/alta-da-taxa-basica-de-juros-prejudica-o-crescimento-das-empresas-brasileiras.ghtml

Dados do governo federal mostram que 830 mil empresas fecharam no primeiro semestre do ano; 25,3% a mais do que no mesmo período do ano passado. Alta da taxa básica de juros prejudica empresários
TV Globo
A disparada da taxa básica de juros tem atrapalhado o desempenho das empresas brasileiras. Os painéis da Bolsa de Valores contam a história da economia recente do país.

“Todo mundo começando a vacinar no meio do ano passado, o mundo voltando à atividade econômica, a gente estava em junho de certa forma otimista e foi quando a gente bateu 130 mil pontos na bolsa, mas o Brasil começou a tropeçar na própria perna, o Brasil volta ao normal, risco político, fim do teto de gastos, aumenta o risco fiscal e a bolsa veio caindo”, explica Piter Carvalho, economista-chefe do Valor Investimentos.
Para conter a inflação, o Banco Central levou a Selic de 2% a 13,25% em pouco mais de um ano, a disparada dos juros explica em parte o mergulho da bolsa.
Selic a 13,25%: quanto rendem os investimentos e onde colocar o dinheiro
“Para a grande maioria das empresas listadas em bolsa, o aumento da taxa de juros é bem negativo. Primeiro porque fica muito mais difícil para que essas empresas consigam investir. Uma taxa de juros muito alta faz com que a concorrência com a renda fixa, com os títulos, fique muito mais elevada, então o investidor olha para essa empresa e olha para uma alternativa que ,no geral, tem menos risco e está pagando um valor certo, um valor fixo, muitas vezes esse investidor vai acabar preferindo essa alternativa mais segura se essa empresa não mostrar um grande potencial e uma grande capacidade de lucro”, diz Juliana Inhasz, professora de Economia do Insper.
Em um ano, as empresas listadas na bolsa de valores brasileira perderam cerca de um R$ 1 trilhão em valor de mercado. Imagine que isso é mais do que a soma de tudo o que o Estado do Rio de Janeiro produz anualmente.
Os juros derrubam as empresas da bolsa de valores e do lado da economia real. Desde que os juros começaram a subir, o ambiente de negócios foi se deteriorando. Fica cada vez mais raro o cliente com disposição para gastar, mais caro investir, mais difícil contratar. No balanço das grandes companhias e dos pequenos negócios, tem uma conta cada vez mais alta para pagar.
É o retrato do empresário no Brasil. Um olho na inflação, o outro nos juros.
“Pegamos por volta de mais de R$ 100 mil de planejamento, 36 vezes de R$ 4 mil. E esses R$ 4 mil se tornaram quase R$ 6 mil. E, nesse montante na nossa conta, até 2025 vai sair o valor de um outro empréstimo. Fica bem difícil mesmo, é bem desanimador pensar, sem perspectiva. Então a gente fica sangrando, sangrando, mês, ano”, lamenta o empresário Ricardo Vasconcelos Escorcio.
Dados do governo federal mostram que 830 mil empresas fecharam no primeiro semestre do ano; 25,3% a mais do que no mesmo período do ano passado.
“Empresas grandes, que têm caixa, adiam os investimentos e preferem deixar o capital rendendo. E as empresas pequenas vão fazer a conta: ‘Será que eu consigo pagar? O meu investimento, o meu empreendimento vai ter o retorno esperado?’”, diz o economista Piter Carvalho.
Um clima árido para o crescimento dos negócios no Brasil.
“Para a economia, a taxa de juros muito alta tem feito com que as empresas, tanto grandes quanto pequenas, tenham uma capacidade muito menor de investimento, o que faz com que a gente, então, não consiga voltar a crescer no ritmo que nós gostaríamos e precisaríamos”, conclui Juliana Inhasz.

Fonte: https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2022/07/09/alta-da-taxa-basica-de-juros-prejudica-o-crescimento-das-empresas-brasileiras.ghtml

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.