Enquantoissoemgoias.com Publicidade 1200x90
11/03/2023 às 22h38min - Atualizada em 12/03/2023 às 00h00min

Fiscalização é reforçada após ataques de tubarões nas praias de Pernambuco

Neste sábado (11), bombeiros guarda-vidas contaram com reforço de bombeiros civis, quadriciclos e de um helicóptero. Uma das medidas adotadas para evitar mais incidentes com tubarões foi a instalação de novas placas alertando sobre o perigo.

G1 Brasil
https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2023/03/11/fiscalizacao-e-reforcada-apos-ataques-de-tubaroes-nas-praias-de-pernambuco.ghtml


Neste sábado (11), bombeiros guarda-vidas contaram com reforço de bombeiros civis, quadriciclos e de um helicóptero. Uma das medidas adotadas para evitar mais incidentes com tubarões foi a instalação de novas placas alertando sobre o perigo. Fiscalização foi reforçada nas praias de Pernambuco
A fiscalização foi reforçada nas praias de Pernambuco no primeiro fim de semana depois dos ataques recentes de tubarões.
ENTENDA: Por que ataques de tubarão são comuns em praias de Pernambuco?
VÍDEO: Imagens de animal dentro de onda em área de ataques viraliza
O sábado foi de alerta na Praia Del Chifre, em Olinda. Uma equipe da prefeitura botou bandeiras vermelhas para sinalizar o perigo.
A prática de esportes no mar está proibida em um trecho de 2,3 quilômetros há mais de 20 anos. Hoje, embora ainda não haja um decreto proibindo o banho de mar no município, as pessoas foram impedidas de entrar na água.
"A gente colocou ali uma caixa d'água, justamente pra isso. Deixar todo mundo refrescado, né? E seguro”, falou o vigilante Bartolomeu Fernandes.
Foi no local que um surfista foi mordido na perna por um tubarão, há 20 dias. Ele passou 10 dias no hospital e recebeu alta.
Em Jaboatão, na Região Metropolitana do Recife, o dia foi também de muita vigilância. Neste sábado, bombeiros guarda-vidas contaram com reforço de bombeiros civis, quadriciclos e de um helicóptero.
Foi o primeiro sábado depois de dois incidentes. No domingo, um jovem de 14 anos perdeu a perna depois de ser mordido por um tubarão. No dia seguinte, uma adolescente de 15 anos sofreu um ataque e perdeu parte do braço. Os dois se recuperam em um hospital no Recife.
Uma das medidas adotadas para evitar mais incidentes com tubarões foi a instalação de novas placas alertando sobre o perigo. As placas são claras: é proibido o banho de mar. Ainda assim e, apesar de toda a fiscalização, um homem entrou na água. Os bombeiros retiraram o homem do mar. Ele foi detido e levado para uma delegacia.
'Colocou em risco a vida dele e dos guarda-vidas', diz biólogo sobre banhista tirado à força do mar após ataque de tubarão em PE
Os comerciantes que oferecem piscinas plásticas foram os que mais atraíram a atenção dos pais, como Girlene e Saulo, que trouxeram Giovana.
"Ela gosta muito de praia. Aí, para manter ela presa por causa de tubarão, a gente prefere usufruir da piscina com ela e curtir a praia, o solzinho", diz o auxiliar de manutenção predial Saulo de Tarso Miguel Júnior.
Com prudência também dá pra se divertir. "Não vou me arriscar de jeito nenhum, nem elas", garante banhista.

Fonte: https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2023/03/11/fiscalizacao-e-reforcada-apos-ataques-de-tubaroes-nas-praias-de-pernambuco.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://enquantoissoemgoias.com/.