Notícias

Governador sugere corte de 30% dos gastos públicos em Goiás

Nova reunião entre os Três Poderes goianos ocorrerá na quinta (9)

Na próxima quinta-feira (9), haverá nova reunião, por videoconferência, entre representantes dos Três Poderes em Goiás, além dos órgãos autônomos como Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunais de Contas. Por meio do Twitter, o governador Ronaldo Caiado destacou que é preciso “encontrar uma forma de cortar 30% dos gastos”. Duas reuniões entre os representantes do Executivo, Legislativo e Judiciário já ocorreram para discutir a questão.

“É importante que cada um faça a sua parte. Conversei com os presidentes do Legislativo, Judiciário e órgãos autônomos para encontrarmos uma forma de cortar 30% dos gastos nessa crise. Na próxima quinta, voltaremos a nos reunir. Só com união vamos superar esse momento”, declarou.

Em virtude da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, há uma previsão de queda de arrecadação na ordem de R$ 4,6 bilhões, o equivalente a 30% entre os meses de abril e dezembro.

“Vamos calibrando mês a mês, como será feito o corte, será prerrogativa de cada Poder, ninguém está falando em corte de salário, mas cada poder vai apresentar no dia 9 uma sugestão sobre o que conseguiu fazer”, detalhou o governador em reposta à reportagem do Mais Goiás durante entrevista coletiva na última sexta-feira (3).

Estudos serão realizados e obrigatoriamente deverão ser apresentados antes do fechamento da folha de pagamento de abril. A redução de despesas é necessária para manter o pagamento da folha.

Ainda não foram detalhadas quais saídas escolhidas para fazer frente à perda de receitas em Goiás. Mas a necessidade da realização de cortes é consensual entre as lideranças dos Poderes.

Faça um comentário

Faça seu comentário

Empório
To Top